Luz e evolução para voltarmos a nossa essencia

Níveis Neurológicos

Há uma hierarquia natural de classificação, (ou níveis diferentes), para as nossas estruturas mentais de aprendizagem, mudança, linguagem e sistemas perceptuais. A função de cada nível é organizar e controlar a informação do nível imediatamente abaixo. Portanto, uma mudança em um nível mais alto necessariamente acarretará mudanças nos níveis mais baixos. O nível de baixo pode, mas não necessariamente, efetuar mudanças nos níveis acima.

Espiritual – Está relacionado com a experiência de pertencer a um sistema que vai além de nós como indivíduos e inclui a nossa família, comunidade e sistemas globais (transmissão). Responde à pergunta QUEM MAIS?
Identidade – Determina o propósito maior (missão) e molda crenças e valores por meio da noção de si. Responde à pergunta QUEM?
Crenças e Valores – Dão reforço (motivação e permissão) que apoiam ou bloqueiam as capacidades. Responde à pergunta POR QUÊ?

Capacidades – São nossos mapas e planos mentais ou estratégias que conduzem e dão direcão aos nossos comportamentos através dos mapas mentais. Responde à pergunta COMO?

Comportamentos – São as ações e reações específicas realizadas no ambiente. Responde à pergunta O QUE?
Ambiente – Envolve as condições externas nas quais os nossos comportamentos acontecem. Responde às perguntas QUANDO? e ONDE?

Técnica Alinhamento dos Níveis Neurológicos

Comece ficando de pé em um lugar onde possa dar cinco (5) passos para trás.

Pense em uma situação difícil em que você gostaria de ter mais escolhas, em que suspeita que não está usando todos os seus recursos, em que você não seja totalmente “você”.

Comece pelo AMBIENTE onde você tipicamente experimenta o problema.
Descreva o ambiente.Onde está?Quem está a sua volta?
O que você nota especialmente sobre o ambiente?

Dê um passo para trás. Agora, você está no nível de COMPORTAMENTO.
O que está fazendo?
Pense em seus movimentos, ações e pensamentos. Como seu comportamento se encaixa no ambiente?

Dê mais um passo para trás. Agora você está no nível de CAPACIDADE.
Pense em suas habilidades. Nessa situação, você está apenas expressando uma fracção delas.
Que habilidades tem em sua vida?
Quais as suas estratégias mentais?
Qual é a qualidade de seu raciocínio?
Que habilidades de comunicação e relacionais tem?
Que qualidades tem que lhe servem bem?
O que você faz bem em qualquer contexto?

Dê mais um passo para trás. Reflita sobre suas CRENÇAS E VALORES.
O que é importante para você?
O que acha que vale a pena no que faz?
Que crenças potencializadoras tem a seu próprio respeito?
Que crenças potencializadoras tem sobre os outros?
Que princípios toma como base de suas ações?
Você não é o que faz nem mesmo o que acredita.

Dê mais um passo para trás e pense a respeito de suas personalidade e IDENTIDADE singulares.
Qual sua missão na vida?
Que tipo de pessoa você é?
Obtenha um senso de si mesmo e daquilo que quer realizar no mundo.
Tente expressar isso com uma metáfora – que símbolo ou ideia vem à mente que parece expressar sua identidade como pessoa?
Dê um último passo para trás. Entre no nível ESPIRITUAL/SISTEMA MAIOR.
Pense em como você está conectado a todos os outros seres vivos e tudo que acredita estar além da sua vida.
Tome o tempo que for necessário para obter um sentido do que isso significa para você.
No mínimo, isso diz respeito a como você, como pessoa singular, se conecta a outras.
Que metáfora melhor expressaria esse sentimento?

Leve esse sentimento de conexão com você enquanto entra em seu nível de IDENTIDADE. Observe a diferença que isso faz.

Agora, pegue esse sentimento intensificado de quem você é e de quem poderá ser, com a metáfora que o expressa, e dê um passo à frente para o nível de suas CRENÇAS E VALORES.
Mantenha essa fisiologia do nível de identidade enquanto faz isso.
O que é importante agora?
Em que acredita agora?
O que quer que seja importante?
Em que deseja acreditar?
Quais crenças e valores expressam sua identidade?

Pegue esse novo senso de suas crenças e valores e dê um passo para a frente para o nível de CAPACIDADE, mantendo a fisiologia anterior do nível de crenças e valores.
Como suas habilidades estão transformadas e intensificadas com esta maior profundidade?
Como pode usar suas habilidades da melhor maneira possível?

Mantenha a fisiologia do nível de capacidade e dê um passo à frente para o nível de COMPORTAMENTO.
Como poderá agir para expressar o alinhamento que sente?

Finalmente, dê um passo à frente para seu real AMBIENTE atual.
De que forma é diferente quando traz esses níveis de você mesmo para ele?

Observe como se sente a respeito de onde está com essas maiores profundidade e clareza de seus valores, de seu propósito e senso de conexão.

Saiba que se fosse trazer tudo isso para a situação do problema, ela mudaria.

Publicado em Grupo de PNL Lisboa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: